Criado por POLCA | 2016

O espetáculo Plagium? emerge de uma denúncia e de uma reação. Entramos em contato com informações diversas a todo o momento e, antes que se perceba, elas passam a fazer parte de nossas coleções individuais (KATZ & GREINER, 2005).

Quase tudo é compartilhado, reproduzido e, esse jeito de agir passa a ser um hábito de conhecer, comunicar e, portanto, de criar.

Segundo o dicionário Houaiss, a definição jurídica do termo “plágio” significa “algo apresentado por alguém, como de sua própria autoria, de trabalho, obra intelectual, etc. produzido por outrem”. Com o espetáculo Plagium? a Cia. percebeu que a pesquisa como procedimento de criação em dança diferencia o que, de início, pode parecer comum: questões parecidas ou idênticas podem ser tratadas de maneiras diferentes, depende de como são percebidas e articuladas.

 

Plagium? compõe algo singular por meio de apropriações de espetáculos que já existem, além de conter reações a toda essa reviravolta que a denúncia anônima ocasionou. Há cenas apropriadas da Ginga Cia. de Dança (MS), Bruno Beltrão (RJ), Membros (RJ), Quasar (GO), Cena 11 (SC) e até da Companhia Rosas (Bélgica). É essa a discussão que Plagium? Levanta: a do que é singular (e aqui já não cabe mais perguntar-se sobre originalidade) quando o que se quer é e videnciar o que há de comum com outras obras?

Duração: 43 minutos

Classificação livre

 

FICHA TÉCNICA

Direção e coreografia:

MARCOS MATTOS

 

intérpretes:

Adailson Dagher, Ariane Nogueira, Jackeline Mourão, Maura Menezes, Ralfer Campagna, Reginaldo Borges, Rose Mendonça e Thiago Mendes.

Figurino: Herbert Corrêa e Ralfer Campagna

Criação e operação de luz: Camila Jordão

Trilha Sonora: Reginaldo Borges

Projeto Gráfico: POLCA - Paula Bueno

Fotos: Franciella Cavalheri - Cravo Filmes

Texto: Luiza Rosa

Participações, editais e premiações contempladas pelo trabalho

 

2018

- 14º Festival América do Sul Pantanal em Corumbá/MS

- 12º Semana Pra Dança em Campo Grande/MS

 

2017

- Projeto Manutenção Dançurbana – 15 Anos

 

2016

- Circuito Dança no Mato

2015

- Mostra Brasileira de Dança de Recife/PE

 

2014

- Circulação Nacional Palco Giratório (43 cidades)

 

2013

- Projeto Circula Dançurbana FMIC/2013

 

2012

- Circulação SESC Amazônia das Artes (11 cidades do norte e nordeste)

 

2011

- Circuito Dança no Mato

- Panorama SESC de Dança em Cuiabá/MT

- Abertura Dança Campo Grande

- 12º Festival de Inverno de Bonito/MS

 

2010

- 8º Festival América do Sul em Corumbá/MS

2009

- Estreia no Projeto Cena Som em Campo Grande/MS

No espetáculo Plagium?, a companhia sul-mato-grossense apropria-se de recortes de obras de companhias de dança reconhecidas para criar um espetáculo particular.